CINEMA BRASILEIRO E LITERATURA

Em janeiro, o Cineclube Museu da Inconfidência, patrocinado pela Caixa Econômica Federal, brinda seus espectadores com a oportunidade de conferir clássicos do cinema nacional adaptados de grandes nomes da literatura. Nesta sexta-feira, dia 21, às 19h, estará em cartaz “Macunaíma”, dirigido por Joaquim Pedro de Andrade e baseado na obra de Mário de Andrade. Em tom de comédia com ácida crítica social, o filme é obrigatório para quem quer entender a alma do brasileiro.

Já em “Vidas Secas”, que será exibido no dia 28, o diretor Nelson Pereira dos Santos retrata a obra de Graciliano Ramos de forma impactante, crua e direta, mostrando a realidade brasileira do sertão com cortes bruscos e ousados. O trabalho – um dos mais aplaudidos dos últimos tempos – rendeu indicação ao prêmio máximo de Cannes e a escolha pelo Instituto de Cinema Americano para sua seleção de preservação.

O Cineclube Museu da Inconfidência fica na Rua Vereador Antônio Pereira, 33, Centro, em Ouro Preto. As exibições, gratuitas, contam sempre com a presença de um explicador e coordenador de debates. Para conferir resenhas e trailers sobre os filmes exibidos, acesse o blog do cineclube: http://cineclubemuseu.wordpress.com.

PROGRAMAÇÃO

Dia 21 (Sexta-feira) – 19 horas

Macunaíma

(Macunaíma. 1969. Brasil. 105 min. Tragicomédia. Direção: Joaquim Pedro de Andrade. Classificação: 12 anos.)

Sinopse: Macunaíma é “um herói sem nenhum caráter”. Nascido na floresta, negro, Macunaíma se torna branco, conhece a vida moderna e encarna a alma do brasileiro. Adaptação do clássico livro de Mário de Andrade e um dos marcos do Cinema Novo. No elenco Grande Otelo, Paulo José e Milton Gonçalves.

Dia 28 (Sexta-feira) – 19 horas

Vidas Secas

(Vidas Secas. 1963. Brasil. 103 min. Drama. Direção: Nelson Pereira dos Santos. Classificação: 14 anos.)

Sinopse: Pressionada pela seca, uma família de retirantes composta por Fabiano, Sinhá Vitória, duas crianças e a cachorra Baleia atravessa o sertão em busca de meios para sobreviver. Um retrato cruel e direto da realidade brasileira baseado na obra de Graciliano Ramos.

Para mais informações:

Museu da Inconfidência: (31) 3551-1121 / 9258-8407

Livraria e Vídeo-locadora Set Palavras (Valter – curador do Cineclube): (31) 3551-7541

Anúncios