Teve início neste domingo, dia 17, a programação preparada pelo Museu da Inconfidência para comemorar a Semana Nacional de Museus 2009. A sétima edição do evento tem como tema “Museus e Turismo”.

O enfoque dado pela instituição tem o objetivo de destacar não apenas a potencialidade turística do Museu da Inconfidência, mas também a diversidade cultural da cidade em que está inserido. Para isso, optou-se por valorizar os costumes e as tradições dos distritos ouropretanos.

Exposição

exposição

Durante a tarde, o público presente teve a oportunidade de conferir a abertura da exposição “Difusão do Turismo Religioso de Ouro Preto e Distritos – Tradição e Cultura Popular”. Na mostra estão retratadas as principais e mais tradicionais festas religiosas de diversas localidades, como forma de contribuir para a preservação e para a valorização da memória e da cultura do município.

A exposição segue até o dia 24 de maio, na tenda armada entre o Museu da Inconfidência e seu Anexo, na rua Vereador Antônio Pereira. A visitação é gratuita e pode ser realizada das 10h às 18h.

Apresentação e cortejo

cortejo

A noite do primeiro dia de festividades foi encerrada com um cortejo em honra a Santa Cecília, padroeira dos músicos, realizada por moradores e profissionais da equipe do Museu da Inconfidência.

Logo em seguida, houve apresentação da Sociedade Musical Santa Cecília, do distrito de Rodrigo Silva, na tenda armada ao lado do Museu.

apresentação

Apesar de restarem ainda alguns dias para o fim da exposição “A Inconfidência Mineira no contexto da Revolução Francesa”, realizada pelo Museu da Inconfidência, a mostra já está entre as mais visitadas dentre as realizadas pela instituição. Grande público, dentre autoridades nacionais e francesas, além da população em geral, já conferiu o trabalho que insere o Museu nas comemorações do Ano da França no Brasil.

Dentre as peças que compõem o significativo acervo, está a tela de Pedro Américo “Tiradentes Supliciado” ou “Tiradentes Esquartejado”, como também é conhecida. Produzida em 1893, foi alvo de inúmeras críticas pela forma como apresenta o mártir da recém-proclamada república. A tela, que hoje pertence à Fundação Museu Mariano Procópio (Juiz de Fora), faria parte de uma narrativa sobre a Conjuração Mineira formada por mais quatro quadros que, no entanto, não saíram do esboço.

Proveniente do mesmo museu, a figura de Tiradentes também está representada por meio de um busto em bronze e madeira e uma tela, ambos de Décio Villares, e de uma escultura em gesso patinado, de Modestino Kanto. Todas as peças são originárias do século XX.

Destaque também para as telas “Martírio de Tiradentes”, de Aurélio de Figueiredo, pertencente ao Museu Histórico Nacional; “A leitura da sentença de Tiradentes”, de Leopoldino Faria, propriedade da Câmara de Ouro Preto; e “D. Maria I”, Rainha de Portugal, responsável pela condenação à morte de Tiradentes, do acervo do próprio Museu da inconfidência.

A exposição apresenta ainda obras de autores como Charles Montesquieu e Cláudio Manoel da Costa, que influenciaram o movimento, documentos como o mandado de execução da sentença de Tiradentes, além de objetos pessoais do inconfidente, como um relógio de bolso. O público tem a oportunidade também de assistir a um vídeo sobre a Inconfidência Mineira.

A mostra tem visitação gratuita e pode ser conferida até o dia 31 de maio, de terça-feira a domingo, das 12h às 18h. A Sala Manoel da Costa Athaide fica na rua Vereador Antônio Pacheco, 33, ao lado do Museu da Inconfidência.

Foto: Aldo Araújo

Foto: Aldo Araújo

Representantes de toda a área museológica brasileira e demais setores ligados à cultura participaram na última segunda-feira, dia 11, no Palácio Itamaraty, em Brasília, da cerimônia em que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e o ministro da Cultura, Juca Ferreira, deram posse à primeira diretoria do recém-criado Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O ministro das Relações Exteriores, o chanceler Celso Amorim, o presidente do Senado Federal, José Sarney, e o ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil, também prestigiaram o evento.

Vinculado à estrutura administrativa do Ministério da Cultura, o Ibram surge com a proposta de consolidar um novo conceito de instituição museológica, que sirva de ferramenta de transformação social. O instituto assumirá as funções do Iphan na área dos museus federais, sendo responsável pela coordenação da Política Nacional dos Museus. A criação de unidades museológicas em municípios de pequeno porte, favelas, áreas quilombolas e indígenas, é também meta da nova autarquia. O objetivo é incluir e integrar cada vez mais a população aos serviços e bens culturais do país.

Para o diretor do Museu da Inconfidência, Rui Mourão, também empossado durante a cerimônia junto aos demais titulares dos museus federais, a solenidade foi bastante prestigiada. “Todos estão bastante entusiasmados com a criação deste instituto, que contempla as pretensões do setor. As pessoas acreditam que foi estabelecida uma ferramenta interessante para tratar exclusivamente da área museológica”, afirma.

A presidência do Ibram foi assumida pelo ex-diretor do Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Demu/Iphan), José do Nascimento Júnior. O poeta e museólogo Mário de Souza Chagas assumiu o Departamento de Processos Museais; a diretora substituta do Demu/Iphan, Eneida Braga Rocha de Lemos, será a titular do Departamento de Difusão, Fomento e Economia dos Museus; e a museóloga Rose Moreira de Miranda, da Coordenação-Geral de Sistemas de Informação Museal.

Semana_de_Museus_2009_Museu_da_Inconfidencia_CAPA

Com o tema “Museus e Turismo”, o Museu da Inconfidência, em Ouro Preto, promove entre os dias 17 e 24 de maio, uma série de atrações voltadas a moradores e visitantes. A variedade dos eventos, preparados especialmente para a 7ª Semana Nacional de Museus, pretende destacar toda a diversidade cultural da instituição, bem como o potencial turístico da região em que está inserida.

A abertura será realizada no domingo, às 13 horas, em uma tenda armada ao lado do Museu, com a exposição de painéis fotográficos “Difusão do Turismo Religioso de Ouro Preto e Distritos -Tradição e Cultura Popular”. A seguir, haverá apresentação da Sociedade Musical Santa Cecília, com cortejo em honra à santa que dá nome à banda.

Já na segunda-feira, 18, para marcar o Dia Nacional dos Museus, o Inconfidência estará aberto à visitação gratuita, com intervenções teatrais e circenses. Para comemorar também o Dia Internacional da Luta Antimanicomial e o Dia da Campanha Contra a Violência, Abuso e Exploração Sexual de Crianças, haverá intervenção pelos usuários do Serviço de Saúde Mental de Ouro Preto, apresentação do Coral “Os Cavaleiros da Lua” e mostra de trabalhos resultantes das Oficinas Terapêuticas. Um grupo de alunos da APAE realizará coroação de Nossa Senhora da Conceição nas escadarias internas do Museu.

A programação segue ao longo da semana repleta de exibição de filmes e documentários, seminários, palestras, debates, cortejos e intervenções artísticas e culturais até o dia 24, domingo. Destaque para a apresentação das Bases de Dados do Museu da Inconfidência, que contará com a participação do público por meio de perguntas e sugestões.

Oficinas

Para reforçar a difusão do turismo religioso e das tradições populares dos distritos de Ouro Preto, serão oferecidas duas oficinas ao público que comparecer à tenda posicionada ao lado do Museu. A primeira, “Confecção de Terços com lágrimas de Nossa Senhora”, será ministrada pela Equipe Pedagógica do Inconfidência na sexta-feira, dia 22, às 14 horas. Já no sábado, às 13 horas, a artista plástica Sara Macfaden mostra como é fabricada uma “Coroa de Flores para Anjos”.

As vagas para as oficinas e para a apresentação da Base de Dados do Museu da Inconfidência são limitadas. Os interessados devem se inscrever, gratuitamente, pelos telefones 3551-1378 e 3551-6023. A programação completa está disponível no blog da instituição: https://museudainconfidencia.wordpress.com/.

Semana Nacional de Museus

Promovida desde 2003, a Semana Nacional de Museus consolidou-se no seu propósito de integrar os museus brasileiros e intensificar sua relação com a sociedade. Realizada este ano pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), pelo Sistema Brasileiro de Museus (SBM) e pelos Ministérios da Cultura e do Turismo, tem como objetivo demonstrar o potencial, a atratividade, a pluralidade cultural e diversidade das instituições participantes.

Em 2009, a edição conta com mais de dois mil eventos em todas as regiões do país. A programação inclui projetos educativos e culturais, visitas monitoradas gratuitas, palestras, seminários, projeções de filmes, oficinas, apresentações teatrais, espetáculos, gincanas e inúmeras outras atrações.

Programação Semana de Museus – 17 a 24 de Maio de 2009
TEMA: MUSEUS E TURISMO

DIA 17 – domingo – ABERTURA
Tenda
13h – Abertura da exposição de painéis fotográficos
“Difusão do Turismo Religioso de Ouro Preto e Distritos Tradição e Cultura Popular”
Visitação até o dia 24 de maio – das 10h às 18h

17h – Apresentação da Sociedade Musical Santa Cecília (Rodrigo Silva).
Cortejo em honra a Santa Cecília

DIA 18 – segunda-feira
DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS
DIA INTERNACIONAL DA LUTA ANTIMANICOMIAL
DIA DA CAMPANHA CONTRA A VIOLÊNCIA, ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS

Museu
12h às 21h – Museu da Inconfidência aberto à visitação pública, com intervenções teatrais e circenses. Entrada Franca.

Tenda
14h – Intervenção pelos usuários do Serviço de Saúde Mental de Ouro Preto
Apresentação do Coral “Os Cavaleiros da Lua”
Mostra de trabalhos resultantes das Oficinas Terapêuticas

Santuário de Nossa Senhora da Conceição
17h – Cortejo do Sistema de Museus de Ouro Preto
Saída da Igreja de N. S. da Conceição de Antônio Dias, com participação do Grupo Moçambo Rico.
Parada na Praça Tiradentes – lançamento do Informativo nº5 do Sistema de Museus de Ouro Preto e Coroação de Nossa Senhora.
Museu
18h – Coroação da Nossa Senhora da Conceição nas escadarias internas do Inconfidência com participação do Grupo alunos da APAE – Ouro Preto

Após a Coroação o Cortejo será finalizado na Matriz de Nossa Senhora do Pilar:
– Apresentação da Escola de Música Cônego Simões
– Homenagem ao Cônego José Feliciano da Costa Simões e Entrega de Medalhas

DIA 19 – terça-feira
Sacadas do Centro Cultural e Turístico da FIEMG
De 19 a 23 de maio – Exposição de Banners dos Museus de Ouro Preto
Sistema de Museus de Ouro Preto
Auditório
14h às 17h
Palestras: Apresentação das Bases de Dados do Museu da Inconfidência
14h – Apresentação do Banco de Dados Inconfidência Mineira – Carmem Lemos e Christine Ferreira
15h – Apresentação do Banco de Projetos Museu da Inconfidência – Janine Ojeda
16h – Apresentação do Banco de Dados da Biblioteca – Sônia Marcelino

Após cada apresentação a sessão será aberta para perguntas e sugestões.
Avaliação da apresentação – preenchimento de questionário.

Auditório
19h30 – Lançamento do Filme “Agda de Ilda”, direção: Maria Clara Teixeira,
Baseado no conto “Agda” de Hilda Hilst, o curta aventura-se a traduzir as minúcias poéticas da obra original para a linguagem de vídeo experimental. Uma narrativa recortada de sonhos onde pai e filha, compartilhando do mesmo desejo, constroem no mundo de seus devaneios a sua realidade.

– Exibição dos curta-metragens :
“A História de um homem só”, direção UNIBERO / SP
“Moçambo Rico”, direção Douguíssimo Nat
“O sonho de Alice”, direção Henrique Manara

Comentários pelos Diretores.

DIA 20 – quarta-feira
Auditório
9h às 17h – Seminário “Museus e Turismo” – Sistema de Museus de Ouro Preto
Divulgação dos programas e roteiros turísticos dos museus da cidade para operadores de turismo, profissionais de turismo receptivo e demais interessados.

Auditório
19h30 – Palestra e Debate: “Ouro Preto – Patrimônio Cultural da Humanidade”
Palestrante: Cristina Cairo – Arquiteta
Secretaria Municipal de Patrimônio, Gestão e Desenvolvimento Urbano
DIA 21 – quinta-feira
Auditório
14h às 17h
Palestras: Apresentação das Bases de Dados do Museu da Inconfidência
14h – Apresentação do Banco de Dados do Acervo Museológico – Sistema SCAM
15h – Apresentação do Banco do Arquivo Histórico – Suely Perucci
16h – Apresentação do Banco de Dados de Musicologia – Mary Angela Biason
17h – Apresentação do Banco de Dados do Laboratório de Restauração e Conservação – Edson Fialho e Aldo Araújo

Após cada apresentação a sessão será aberta para perguntas e sugestões.
Avaliação da apresentação – preenchimento de questionário.

Praça Tiradentes
Exposição Virtual de Imagens do Sistema de Museus de Ouro Preto

Auditório
19h30 – Palestra e debate: “A Origem dos Museus – Museus Comunitários”
Museóloga e Professora Yára Mattos

DIA 22 – sexta-feira

Tenda
14h às 17h – Oficina educativa – “Confecção de Terços com lágrimas de Nossa Senhora”
Equipe Pedagógica do Museu da Inconfidência

19h30 – Exibição de documentário e filme sobre Ouro Preto.
Comentários: Ouro Preto como Cenário Turístico.

DIA 23 – sábado
Tenda
13h às 16h – Oficina educativa – “Coroa de Flores para Anjos”
Artista plástica – Sara Macfaden

16h – Apresentação do Grupo Folclórico de Glaura – Dança de Fitas de Santo Antônio e Nossa Senhora do Rosário

DIA 24 – domingo – ENCERRAMENTO
Tenda
14h – Intervenções artísticas
16h – Apresentação musical

Vagas limitadas para a participação das oficinas e apresentações dos Bancos de Dados.

Inscrições pelos telefones: (31) 3551.1378 e 3551.6023

Será realizada na próxima segunda-feira, dia 11 de maio, a posse da diretoria do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), pelo presidente da República, Lula da Silva, e pelo ministro da Cultura, Juca Ferreira. A solenidade acontecerá no Palácio do Itamaraty, em Brasília.

Dentre as diversas autoridades do setor museológico e da área cultural, participará do evento o diretor do Museu da Inconfidência, Rui Mourão, acompanhado de profissionais que integram o corpo técnico da instituição. Na ocasião, todos os atuais diretores à frente de museus antes vinculados ao Iphan também serão empossados. A cerimônia contará, ainda, com a presença do ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil.

O Ibram é a mais nova autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura. Presidido por José do Nascimento Júnior (ex-diretor do Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Demu/Iphan), coordenará as ações da Política Nacional de Museus, com o objetivo de promover melhorias na gestão do setor museológico brasileiro.